Mensagem de Deus ?

A minha história de hoje, tem um pouco a ver com a religião.
Não critíco, nem apoio ninguém em relação ás ideias religiosas.
Cada qual é livre de seguir o caminho que pense ser o mais justo.
Eu acredito sinceramente que existe um Ser Superior que rege tudo que existe.
A mim ensinaram-me que esse Ser Superior se chama Deus e que um dia enviou para a
terra o seu filho a quem foi dado o nome de Jesus.
A Biblia descreve-nos durante os 33 anos da vida de Cristo, imensos milagres que
aconteceram, mas sobre estes actos sobrenaturais, que me perdoem as pessoas que
tiverem paciência para ler estas linhas, mas eu mantenho as minhas dúvidas...
Apenas vou acreditar no dia em que consiga ser testemunha de algum.
No entanto acredito plenamente em certas "coisas" que acontecem, e que não são
vulgares.
Cá vai então a minha história.
A minha casa embora seja construída dentro da cidade, está rodeada de grandes
árvores, e eu até costumo dizer que isto é uma autentica selva.
Antes de eu a comprar em 1991, devido a problemas de heranças, a casa esteve fechada
durante cerca de 18 meses.
Claro que certos animais, como não viam a presença de seres humanos no quintal,
consideraram que o terreno lhes pertencia, e quando comecei a morar aqui, entre vários
animais, contei de uma só vez, 22 esquilos.
Estes animais são muito engraçados, mas ao mesmo tempo muito destruidores.
Eu tenho uma grande paixão em fazer um jardim bonito, e também tenho uma zona
destinada á horta.
Pois estes marotos dos esquilos, nunca me deixam em paz, no princípio da Primavera, ou
seja quando começo as minhas plantações.
Por exemplo, semeio o feijão verde, mas sei de antemão que eles sentem os feijões
debaixo da terra, e desenterram-nos para comerem.
Claro que não os comem todos e então ando sempre a recomeçar aqui e ali, até que eles
se fartem, e o feijão possa finalmente crescer em paz.
Eu tinha entre outras árvores, 2 macieiras e 2 pereiras, digo tinha, porque cortei-as,
cansado de quase não comer fruta nenhuma, pois os esquilos e as aves, comiam quase
tudo antes de mim.
Eu não faço mal a nenhum animal (já contei aqui a história de um pobre macaco) mas
tento por vezes assustá-los, para não estragarem a minha horta, ou o meu jardim.
Por vezes faço barulho, ou corro atrás dos esquilos, para eles desaparecerem, mas uma
vez lembrei-me de comprar uma fisga (estilingue) e lançar-lhes pedras.
Se bem o pensei melhor o fiz, e no dia seguinte já tinha adquirido a tal “arma” de
elásticos.
Preparei algumas pequenas pedras, que seriam as munições, e fiquei á espera da futura
vítima.
Estava eu sentado na varanda, quando apareceu o primeiro esquilo.
Sem hesitar meti uma pedra na bolsa, estiquei os elásticos, pronto a disparar para o
animal, não com o intuito de lhe fazer mal, mas enviar a pequena pedra, de modo a
meter-lhe medo.
Mas antes de enviar a pedra, fixei o bicho, porque ele parou a olhar para mim, e para
meu grande espanto, reparei que o pobre coitado se deslocava lentamente, arrojando a
pata trazeira direita...
Numa fração de segundos,  consegui reter-me, e não mandei a pedra.
Enquanto o esquilo se deslocava penosamente, eu fiz um ligeiro exame de consciência.
Durante vários anos, sempre vi dezenas e dezenas de esquilos correrem, saltarem,
brincarem sem problemas nenhuns, e no preciso momento em que eu queria mandar uma
pedra, apareceu um que estava ferido !
Volto a repetir que não acredito em milagres, mas será que Deus me enviou uma
mensagem, mostrando-me o que acontecería se eu tivesse coragem de alvejar aqueles
seres ?
Depois disto guardei a fisga numa gaveta e ainda hoje lá está.
Para terminar a história, nunca mais vi o esquilo ferido, vejo sempre todos a correrem
e saltarem como antes...!!!